ESTUDANTES DA LIBERATO FAZEM PARTE DA EQUIPE BRASIL NA INTEL ISEF
ESTUDANTES DA LIBERATO FAZEM PARTE DA EQUIPE BRASIL NA INTEL ISEF

Seis representantes gaúchos fazem parte da delegação de 25 brasileiros que estão em Phoenix

29/04/2019 -



Mais uma vez o Brasil estará presente na maior feira de pesquisa estudantil do planeta. Seis estudantes gaúchos, sendo cinco da Fundação Liberato, de Novo Hamburgo, e um da IFRS, de Osório, farão parte da delegação de 25 alunos brasileiros que estarão presentes à Intel ISEF, que acontece em Phoenix, nos EUA, entre 11 e 17 de maio.

A Intel ISEF é considerada a maior feira pré-universitária de ciências do mundo. Os estudantes foram credenciados através da Mostratec (Mostra Internacional de Ciência e Tecnologia) e na Febrace (Feira Brasileira de Ciência e Tecnologia). Esses foram os projetos gaúchos que se classificaram:

Da Fundação Escola Técnica Liberato Salzano Vieira da Cunha (Novo Hamburgo)
Estudo e caracterização da atividade antimicrobiana do estigma do milho (Zea mays)

Objetivo: Comprovar a eficácia de substâncias extraídas da planta Zea mays (barba do milho) no combate à infecção urinária.
Estudantes: Maria Helena Ferreira (19 anos) e Muriel Schiling Krohn (19 anos).
Orientadora: Maria Angélica Thiele Fracassi.

Fast Braile – Impressora com múltiplas funções para auxiliar a escrita de deficientes visuais II
Objetivo: Construir um dispositivo eletromecânico com diversas funções para auxiliar a escrita e a leitura dos deficientes visuais.
Estudante: Bruna da Silva Cruz (19 anos).
Orientador: Alexandre Giacomin.

Palmio - Palmilha Assistiva com Leitura e Monitoramento de Informações Ortopédicas
Objetivo: Desenvolver uma palmilha composta por sensores inovadores capaz de identificar a pisada humana.
Estudantes: Eduardo Luis Marques (17 anos) e Iuri Bernardi Ataide (18 anos).
Orientador: Marco Cesar Sauer.

Do Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia RS (Osório)
O universo em uma casca de noz: biomembrana biológica usando resíduo da noz macadâmia

Objetivo: Utilizar a casca da noz macadâmia para produzir uma membrana biológica aplicada como curativo.
Estudantes: Juliana Davoglio Estradioto (18 anos).
Orientadora: Flávia Santos Twardowski Pinto.

Foto: Maria Helena, Muriel, Bruna, Juliana, Iuri e Eduardo.
Foto de Luis Eduardo Selbach







# RETORNO

TIAGO IORC FAZ O SHOW DE RETORNO DO ACÚSTICO MTV
Cantor que voltou ao circuito grava o especial par...
17/05/2019 -
# NOVEMBRO

4ª TEMPORADA DE RICK AND MORTY EM NOVEMBRO
10 novos episódios vão estar disponível no Adult S...
16/05/2019 -
# SURPRESA

TRABALHO EXPOSTO AO NOBEL DE QUÍMICA
Alunos da Fundação Liberato tiveram a visita de Ma...
15/05/2019 -
# SHOWZÃO

IRON MAIDEN VOLTA A TOCAR EM PORTO ALEGRE
Banda de metal confirmou show na Arena do Grêmio e...
13/05/2019 -
# ADAPTAÇÃO

SÉRIE DE WATCHMEN GANHA TRAILER
Adaptação da HBO para os quadrinhos da Alan Moore ...
09/05/2019 -
# MUDANÇA

VISUAL DE SONIC SERÁ ALTERADO APÓS TRAILER
Fãs reclamaram do aspecto humanizado do ouriço azu...
07/05/2019 -





# EXPOSIÇÃO
ESTUDANTES DA LIBERATO FAZEM PARTE DA EQUIPE BRASI...

# SEGUIMENTO
DARK TERÁ SUA SEGUNDA TEMPORADA NO MEIO DO ANO

# ESTENDIDO
DVD DE SHAZAM TERÁ VÁRIOS MINUTOS DE EXTRAS